seguranca do trabalho campinas

Perícias Judiciais: o que são e qual a importância?

13 jul Perícias Judiciais: o que são e qual a importância?

Muitas vezes processos judiciais requerem uma análise por parte de especialistas, pessoas que possuem conhecimento aprofundado sobre um determinado assunto e que podem atestar de forma legal que a acusação é ou não consistente, ou mesmo produzir uma prova a partir dos fatos, indícios ou sequelas analisados.

A perícia normalmente é requisitada por uma das partes no processo ou pelo próprio magistrado, sendo sempre papel do juiz indicar um perito na área em que um processo corre. A partir de uma minuciosa análise feita por um perito judicial habilitado, um laudo é gerado com informações que podem ser determinantes na decisão de uma ação judicial, e sendo esta mal feita pode comprometer e muito um processo e prejudicar uma das partes envolvidas.

A perícia é muito importante e pode ser decisiva dentro de um processo trabalhista ou qualquer outro, uma vez que o laudo produzido serve como prova legal e tem grande peso na decisão do juiz, sendo assim, é extremamente importante que a análise dos fatos seja feita de forma imparcial e neutra por parte de um profissional que possua vasto conhecimento na área.

A prova judicial (produzida através da perícia) é relativa ao “Processo de Conhecimento” estabelecido no artigo 420 do Código de Processo Civil, e consiste em exame, vistoria e avaliação. Existem diferentes tipos de perícia judicial:

  • Oficial – quando é determinada pelo juiz sem requerimentos das partes;
  • Requerida – determinada pelo juiz, com requerimento de uma ou ambas as partes;
  • Necessárias – quando a lei ou natureza do fato impõe sua realização;
  • Facultativa – determinada pelo juiz, mas utilizada como acessório, quando há outras provas determinantes no processo;
  • De Presente – realizada durante o processo;
  • De Futuro – perícia realizada antes de o processo começar, como medida cautelar;

As perícias também podem ser consideradas diretas, quando o objeto da perícia está presente, ou indiretas, quando são baseadas em indícios ou sequelas deixadas.

Quem é o perito judicial?

O perito judicial é um auxiliar da justiça que analisa uma prova que depende de conhecimento técnico ou científico para ser atestada como consistente ou não, ou mesmo produz uma prova através da análise e vistoria de um cenário ou objeto, sempre através de um laudo que deve ser assinado pelo mesmo.

O perito deve ser legalmente habilitado e sua função é examinar os fatos buscando sempre a verdade do mesmo, de forma neutra e imparcial, usando como parâmetro seus conhecimentos e especialidades. É um profissional com nível superior, especialista na área em que a perícia for necessária, como médicos, engenheiros, contadores e economistas.

Entenda mais sobre a importância da perícia judicial no II Workshop sobre Segurança no Trabalho realizado pela EPSSO, sobre Perícia Judicial que será realizado dia 19 de Julho de 2017. Clique aqui para mais informações.

Precisa de serviços em perícias judiciais, assistência ou assessorias relacionadas a processos trabalhistas? Entre em contato conosco para maiores informações sobre nossos serviços.

Sem comentários

Deixe seu comentário