seguranca do trabalho campinas

Dores nas costas: a principal causa de afastamentos do trabalho no Brasil.

15 ago Dores nas costas: a principal causa de afastamentos do trabalho no Brasil.

As dores nas costas, ou dores lombares, é a principal causa de afastamentos do trabalho no Brasil. Dados do Ministério da Previdência Social apontam que, em 2016, mais de 116 mil pessoas se afastaram do emprego para se tratarem de dores nas costas ou na coluna.

Há alguns motivos e causas específicas para essas dores. A maioria das lesões são causadas por posições e posturas incorretas durante o exercício da atividade, mas o sedentarismo, trabalhos repetitivos e sobrepeso também podem ser gatilhos para o surgimento dessas lesões.

Existem algumas formas de prevenir ou diminuir o risco do surgimento de dores nas costas. A ergonomia (iremos falar sobre ela em um artigo futuro) é uma das maneiras mais eficazes, mas também citamos a ginástica laboral. Esta deve ser elaborada especificamente para cada tipo de atividade desempenhada.

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) também possui uma Norma Regulamentadora específica para tratar da ergonomia no ambiente laboral. As empresas devem, obrigatoriamente, fazer uso da ergonomia para preservar a saúde do funcionário. É importante que o trabalhador exija que a empresa siga os padrões de ambiente de trabalho, as orientações da lei e das NRs e garantir que os equipamentos estejam em perfeito estado de uso.

A EPSSO possui uma equipe de consultores e técnicos especialistas capazes de auxiliar sua empresa a adequar o ambiente de trabalho e criar um estudo de ergonomia eficiente e assertivo que reduza o risco de dores nas costas. Entre em contato conosco!

Sem comentários

Deixe seu comentário